quarta-feira, 9 de julho de 2008

D. says: "é uma dor que não nos cabe."

M. says: "em um momento você está ali, sentindo o gosta da vida, na sua pele, nos seus poros, nas sua entranhas e de uma hora para outra seu coração é arrancado e você vira uma alma no limbo..."

Um comentário:

Mara disse...

D. tem razão.